domingo, novembro 19, 2006

Às vezes penso que já nem preciso dormir e que devo aproveitar cada segundo... outras vezes só me apetece dormir e deixar o vilão do tempo correr... porque ele corre mesmo, não anda... Quem inventou o sono? Que desperdício!!!


Hoje vou dormir mais cedo...
Embora não tenha sono.

Vou dormir mais cedo
E desligar os sonhos...
Por uma simples razão:
Não aguento estar sem ti!

E, dormindo...
Sem sonhar...
Tudo passa mais depressa
E eu não dou por nada...
Não dou pela tua ausência,
Não dou pela falta da tua voz,
Nem pela falta do teu sorriso.
Não dou pela falta das tuas mãos
nem do teu perfume...

Dormindo...
E não sonhando...
Não sei se estás acordada,
Não sei se estás no messenger,
A ver televisão...
Não sei se espreitas à janela
Ou se te assomas à porta...
Como tantas vezes...

Porque amanhã
Talvez me cruze contigo...
Sem nenhum de nós esperar...
Talvez ouça a tua voz,
Talvez veja o teu rosto,
O teu cabelo...
Talvez troquemos carícias...
E um beijo depois do café...


... Hoje vou dormir mais cedo...
Porque... não já não aguento mais
Estar sem ti...


14 Comments:

At novembro 20, 2006 1:35 da manhã, Blogger 13 said...

Será amor?!

 
At novembro 20, 2006 5:47 da manhã, Blogger Alexandre said...

13
É... digamos, uma panóplia de emoções!!!

 
At novembro 20, 2006 9:13 da manhã, Blogger MARTA said...

Uau, Alex - agora sou eu a dizer!
Forte, pleno de emoções!
Gostei - obrigada pela partilha.
Beijos e abraços
Marta

 
At novembro 20, 2006 9:38 da manhã, Blogger angel bar said...

Bom Dia, espero que esse fim de semana tenha sido óptimo. Como são maravilhosas estas leituras logo pela manhã... Um grande beijinho

 
At novembro 20, 2006 10:04 da manhã, Blogger Alexandre said...

Marta!
Desde há uns tempos que vivo unicamente no mundo das emoções... obrigado tb pela partilha...
Beijokas.

 
At novembro 20, 2006 10:05 da manhã, Blogger Alexandre said...

Angel!

Que bom ter uma Angel logo pela manhã a olhar por mim...
Super obrigado!!!
Beijokas. Boa semana!!!

 
At novembro 20, 2006 3:20 da tarde, Blogger ** sean paul** said...

Está lindo!! Panóplia de emoções?!?!? Ui tu sabes... De facto gostei do que li. Parabéns.

Bjx

 
At novembro 20, 2006 3:44 da tarde, Blogger Alexandre said...

**sean paul**:
Obrigado pela tua visita e pelas tuas palavras... a minha auto-estima...oh, fica lá em cima...!!!

Beijokas. Volta sempre!!!

 
At novembro 20, 2006 4:17 da tarde, Blogger ** sean paul** said...

Não acredito!!!!!!!! Eu adoro os Da Weasel!!!! Já os vi ao vivo a cantar e sempre adorei. Mas gostava de estar lado lado com eles. Obgd pelo comentário!!!

Bjx

 
At novembro 20, 2006 4:46 da tarde, Blogger viviana said...

pois... concordo com o 13:
gostas de escrever?
eu godto de tocar viola!
jokas fofas e uma boa semana

 
At novembro 20, 2006 5:20 da tarde, Blogger Dora Francisco said...

sim, tantas vezes o sono é um bom refúgio para os males de ausência... mas viver cada segundo ao limite é o melhor de nós: Estamos Vivos! Amamos, sofremos, criamos ilusões e chocamos com as desilusões... mas o que é isso, senão Estar Vivo?
Bjos

 
At novembro 20, 2006 8:32 da tarde, Anonymous Anónimo said...

O sono pode ser nosso refúgio e podemos nos entregar a ele sem pesos nem medidas. No entanto temos que acordar e deixar viver nossos sentimentos. Se a solidão te apavora abraçe a vida, torne-a sua amante e seja feliz.

Senti que devia caminhar até ti.
Um beijo dentro do seu coração.

 
At novembro 21, 2006 3:22 da tarde, Anonymous Anónimo said...

LINDO !!

 
At novembro 24, 2006 10:56 da manhã, Anonymous Anónimo said...

o poema é giro mas muito deprimente.
Espero que mudes esse astral, precisamos d ecoisa smais alegres, já chega de fado
parabéns pelo blog e felicidades

 

Enviar um comentário

<< Home