sábado, janeiro 06, 2007

QUEM LÊ MAIS? Os homens ou as mulheres?

Em Portugal penso que não há dúvidas nenhumas sobre qual dos sexos lê mais: falando de livros tenho a percepção que as mulheres levam um avanço demolidor em relação aos homens. O mesmo em relação a revistas e talvez só nos jornais haja um equilíbrio. Noutros países talvez não seja bem assim, pois é muito comum ver estrangeiros - homens e mulheres - em Portugal lendo nos mais diversos locais, esplanadas, transportes, praias...

Esta opinião tem a ver só com a minha intuição porque não há estatísticas em relação a isso. Mas nota-se que são as mulheres as mais assíduas frequentadoras de bibliotecas e livrarias. São elas que são vistas a ler livros nos transportes e noutros locais públicos... e são elas que conseguem melhores performances a nível universitário, também!

Em Portugal lê-se muito pouco, diz-se agora e sempre se disse nos últimos anos. Isso deve ter a ver com as irregularidades no ensino nas últimas três décadas e com a falta de motivação dos mais novos. É verdade que agora há outros aliciantes - TV, jogos de video, etc -, mas, e ainda assim, mesmo nos mais novos, são as raparigas que lêem mais que os rapazes. Conheço filhas de amigos meus que aos 8 anos já devoravam romances. Por outro lado, há rapazes que chegam aos 15 anos sem terem lido um livro. Não sei se é grave ou não, não me compete julgar ninguém neste aspecto, nem noutros. Não está provado que alguém seja mais sábio ou mais inteligente por ser ou não um grande leitor.

Por mim, comecei a ler livros muito novo e nunca me dei mal por isso - talvez apenas o facto de começar a usar óculos cedo porque nem sempre lia nas melhores condições de luz -, depois houve uns anos em que confesso li poucos livros mas recentemente retomei o gosto pela leitura e o reflexo disso é a minha mesa de cabeceira, pequena para tantos livros... um dia destes vão ver uma fotografia dos livros que ando a ler... ou a tentar ler...

Nem todos concordam comigo na trilogia leitura-homem-mulher, é claro! Na apresentação de um livro seu, Rodrigo Guedes de Carvalho - a uma interpelação minha - disse que não achava que os homens lessem menos livros que as mulheres. Tudo bem, ele na pele de escritor possivelmente tem outra percepção.

Mas eu continuo a achar que as mulheres lêem muito mais que os homens!

E, vocês, o que acham? Qual é a vossa opinião?


(a tocar «Balada da estrada do Sol» do André Sardet. Acho que a letra e a música também podem ter a ver com os livros... há estradas que conduzem ao Sol, outras conduzem aos livros... fica ao critério de cada um... E AS PALMAS NO FIM DA MÚSICA SÃO PARA VOCÊS... QUE AS MERECEM!!!)



42 Comments:

At janeiro 06, 2007 8:40 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

Eu concordo consigo, pelo que vejo.

De qualquer forma, também se lê pouco porque os livros estão caríssimos e não chegam a todas as bolsas(como tudo o resto, infelizmente).

Beijoca.

 
At janeiro 06, 2007 8:40 da tarde, Blogger melga meiguinha said...

Eu concordo consigo, pelo que vejo.

De qualquer forma, também se lê pouco porque os livros estão caríssimos e não chegam a todas as bolsas(como tudo o resto, infelizmente).

Beijoca.

 
At janeiro 06, 2007 9:59 da tarde, Anonymous Teresa said...

No que respeita à aquisição de hábitos de leitura, o que se passa é que as crianças não são estimuladas nesse sentido, portanto acabam por não os adquirir. Não vêem os pais lerem, não crescem a apreciar o "cheiro dos livros". Mais tarde, quando sentem necessidade é que começam, timidamente, a fazê-lo. No que respeita à velha dicotomia homens/mulheres, concordo que somos nós mulheres que mais lemos, sobretudo quando se fala de livros não técnicos. Beijinhos

 
At janeiro 06, 2007 10:11 da tarde, Blogger Alexandre said...

Teresa Paula,

nada melhor que ter a opinião de quem lida diariamente com estas coisas. Que bom! Realmente, é assim, o exemplo começa em casa e eu tenho que agradecer muito aos meus pais - e até aos meus avós - por me terem inundado de livros, de escritas, de papel e de lápis e canetas! Obrigado a eles e obrigado à Teresa também que acrescentou coisas muito importantes ao meu texto. O «cheiro do livros» é fundamental!

Ah, e agora o seu blogue já ficou clicável! Yes!!!

Beijinhos!!!

 
At janeiro 06, 2007 10:15 da tarde, Blogger Isabel-F. said...

Oi Alexandre,

Boa Noite.

Da experiência que tenho ... sem dúvida que as mulheres lêm muito mais que os homens ... porquê não sei ... não é sinónimo que sejam mais inteligentes que os homens ... embora como dizes ... tenham melhores resultados a nível académico que os homens ...

... claro que há e sempre houve homens que leem muito ...
o vício de leitura que tenho, devo-o ao meu pai ... deixou-me uma biblioteca de mais de 10.000 volumes ...veio de África ... muitos deles continuam encaixotados ...por aqui não há espaço para tanto...

Bjs de boa noite

 
At janeiro 06, 2007 10:36 da tarde, Blogger david santos said...

Olá!
Mais uma ideia brilhante, Alexandre.
Parabéns.
Vou responder apenas à pergunta: são as mulheres.
Quanto aos motivos, para não te estar aqui a encher a página, deixo para mais tarde, mas são muitos e importantes.
Parabens.

 
At janeiro 06, 2007 10:46 da tarde, Anonymous Jofre Alves said...

Minha percepção: as mulheres lêem mais romances e revistas cores de rosa; os homens lêem mais jornais, revistas científicas. Mas na realidade em Portugal lê-se muito pouco, o analfabetismo funcional e iliteracia atingem níveis vertiginosos, a maior dos portugueses não sabe ler, compreender e interpretar um texto, os livros são caríssimos, etc. A desgraça campeia...

 
At janeiro 06, 2007 11:05 da tarde, Blogger Diabba said...

Mesmo sem haver nenhum estudo sobre o assunto, tenho a mesma opinião que tu... basta medir isso pelo que se passa cá na caverna, o diabbo-marido lê bastante é verdade, mas menos que eu que sou qse maratonista militante em leitura...

Mas quanto aos dois diabbos-mirins... grunfff... são sérios candidatos a fazerem parte do gado asinino!! só se forem obrigados (e são-no algumas vezes!)

Espero que a diabba-mirim tenha os gostos da diabba-mamã que lê qse tudo, desde fantástico, romance, FC, BD e tudo que tenha letras...

Beijo de enxofre

P.S. Daqui as uns anos suspeito que os machos mortais serão uns iletrados, reduzidos à condição de serviçais, enquanto o mulherio toma as rédeas do mundo!! (pode ser que melhore) hehehehehe

 
At janeiro 06, 2007 11:07 da tarde, Blogger A.J.Faria said...

Olá, Alexandre!
É uma questão interessante.
Por exemplo:
As denominadas revistas cor-de-rosa tem um grupo de leitores maioritariamente feminino, enquanto que os desportivos é precisamente o contrário.
Nos livros técnicos, eventualmente serão mais lidos pelos homens, enquanto que o género romance será mais aceite pelo leitor feminino.
Mas, gostaria de sublinhar, são tudo suposições porque não conheço dados em concreto sobre o assunto.

Abraço,

 
At janeiro 06, 2007 11:08 da tarde, Blogger Alexandre said...

DIABBA,

Espero que sim, que Deus ou o Diabo te ouçam!

O mundo (des)governado por homens já deu o que tinha a dar. Chegou a vez das mulheres...

ESpero sinceramente que façam um melhor trabalho...

 
At janeiro 06, 2007 11:12 da tarde, Blogger Diário de um Anjo said...

Eu concordo contigo. A experiência do meu senso comum é que as mulheres gostam mais de ler do que os homens, em Portugal. O facto de haver mais mulheres nas faculdades, por exemplo, poderá ser um bom indiciador. Mas, é necessário ter em atenção que há muitos alunos que só leêm o obrigatório e não se cultivam por outras obras...

 
At janeiro 06, 2007 11:37 da tarde, Blogger Andreia do Flautim said...

Olá:)

Eu concordo contigo. Se virmos por exemplo os cursos de letras, onde é preciso ler muitas obras de literatura, esses cursos são frequentados maioritariamente por mulheres.

Não quer dizer que os homens não leiam. O meu irmão adora ler. Passa uma enorme quantidade de tempo nas livrarias a ver as novidades e a escolher livros para ler!

 
At janeiro 07, 2007 12:02 da manhã, Blogger angel bar said...

Olá Alex, a sensação que tenho é que as mulheres leem muito mais livros que os homens. Os homens estão mais despertos para jornais desportivos. Não deixando de referir que as senhoras também se perdem com as revistas cor de rosa. As crianças parece que nem sabem o que é um livro... Só quando se fala em Harry Potter é que a coisa muda um pouco de figura... Mas vejo que se voltou a ler muito, noto as livrarias sempre cheias e as pessoas interessadas em actividades culturais. Ainda bem.

 
At janeiro 07, 2007 2:11 da manhã, Blogger Marlene Maravilha said...

Sempre tive a impressão que em Portugal os homens lessem mais.
Acho o homem portugues bastante inteligente e culto. Tenho acompanhado blogs e estou maravilhada com o que tenho visto.
De toda maneira acredito que tenhas mais conhecimento do que eu nesta área. Aqui no Brasil acho que estamos meio igualados. Vejo homens e mulheres lendo muito.
Um grande abraço

 
At janeiro 07, 2007 3:11 da manhã, Blogger Teresa David said...

Concordo plenamente que as mulheres lêem mais do que os homens, e isso é realmente mto visível nos transportes públicos, cafés, e sítios como a praia.
Agora não conheço estatísticas que comprovem em números se esta suposição é mesmo verdadeira.
Um abraço
TD

 
At janeiro 07, 2007 11:02 da manhã, Blogger MARTA said...

Eu leio e muito. Tive mesmo um blog onde fazia a crítica dos livros que li.
Apesar de os livros estarem muito caros, eu estou sempre na FNAC a espreitar as novidades. Os livros são importantes para o desenvolvimento da pessoa.
E, sim concordo que são mais as mulheres que lêem.
Beijos e abraços
Marta

 
At janeiro 07, 2007 11:05 da manhã, Blogger ** sean paul** said...

Eu também acho que as mulheres tem melhores hábitos de leirura.. Eu no meu aniversário adoro que me ofereçam livros, mas sei que não os posso oferecer à maioria dos meus familiares/amigas porque eles não gostam, ou pensam que não gostam porque nunca experimentaram envolver-se.. Adoro Eça e tu?

Acredita que um dos meus sonhos é ter uma biblioteca em casa enorme cheia, mas mesmo cheia de livros de todo o mundo!!!

Bjx

 
At janeiro 07, 2007 11:50 da manhã, Blogger Joana said...

Bem, eu considero que nós, a nova geração, não temos quaisquer hábitos de leitura. Mas isso, infelizmente, não é responsabilidade nossa. Começa nos professores e nos pais, que não nos motivam para lermos, não nos levam a esse caminho do gosto pela leitura..
É por isso que muitos jovens hoje em dia, não sabem (e não querem saber) o valor que um livro tem e aquilo que nos pode oferecer. E acho que é também por isso que chegamos à faculdade burros ou ignorantes.
Quando à pergunta, acho que as mulheres lêem mais.

P.S-achei o blog muito interessante, vou passar aqui mais vezes. As minhas palavras, pode encontra-las no meu blog "Palavras Soltas". (www.h-a-p-p-i-n-e-s-s.blogspot.com)

 
At janeiro 07, 2007 12:28 da tarde, Blogger HelloCátia said...

eu axo que quem le mais sao as mulheres em meu ver...
uitas beijocas e obrigada pelas visitas

 
At janeiro 07, 2007 12:58 da tarde, Blogger deep said...

Pelo que posso perceber à minha volta, de facto as mulheres lêem mais do que os homens, mas, por vezes, com pouca qualidade.

Tem um bom domingo. Bj

 
At janeiro 07, 2007 5:04 da tarde, Anonymous Susan said...

Das pessoas que conheço as mulheres lêem sem dúvida mais, mas tb têm profissões mais ligadas às letras, seja no ensino dos diversos níveis, seja no escritório de empresas, atrás de um balcão.E claro, para contrariar qualquer boa conjectura há excepções, tenho um amigo que lê mais do que qq mulher que eu conheço (e conheço uma que anda sp a ler 3 livros de cada vez).De qualquer forma não sei qual o interesse em saber quem lê mais, o importante era que todos lessem mais, que tivessem tempo para isso, que qd finalmente acabam o trabalho,as lides domésticas e o preparar de um novo dia (e todas as mães/pais como eu sabem a quantidade de coisas que é preciso fazer para que a rotina matinal não se torne um desastre)não estivessem demasiado cansados para pouco mais fazer que carregar no botão do controlo remoto da TV. O tempo é tão pouco que um zappinng de uns minutos chega para preencher aquele tempo que já está a ser roubado a uma noite de sono normal. Os portugueses lêem pouco mas tb dormem pouco ( e sobre isto há estatísticas). E ler em todo o lado como vemos os turistas, sobretudo do norte da europa, a fazer é um hábito que levará ainda muito a instalar-se (em Lisboa acho que ninguém tem a percepção de quantos analfabetos realmente ainda existem, para ler um livro é preciso estar muito além do juntar as letras)e não é possível em muitas situações (p. ex. nos transportes publicos tipo sardinha em lata a vontade até pode existir o espaço é que não).
E como o tempo urge e o trabalho está sp à espera fico por aqui,
até breve,
uma leitora da provincia

 
At janeiro 07, 2007 5:51 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Olá Alexandre:

Talvez o facto de as mulheres lerem mais que os homens seja o facto dessa curiosidade feminina ser tão aguçada...enquanto os homens dispersam por outros interesses. Mas os hábitos familiares neste aspecto são determinantes. Desde miúda que os livros sempre tiveram papel e lugar preponderante em casa dos meus pais e agora têm-no na minha. Tu bem o disseste, desde miúdo que tens hábitos de leitura. Eu também já estopu a incutir essa sensibilidade no meu filho mais velho. Vamos a ver se o PNL faz mais pelos nossos jovens...

Bjs. Bom fim-de-semana.

 
At janeiro 07, 2007 7:48 da tarde, Blogger Alexandre said...

SUSAN

Então não é que o teu texto está muito melhor que o meu!!! Eu devia era ter publicado o teu comentário, está muito mais completo que aquilo que eu escrevi...

E és a Susan que eu estou a pensar...? Ou será que passaste apenas pelo meu blog... esta minha curiosidade, hehehe! Manda-me um e-mail a confirmar - fundamentalidades@gmail.com - obrigado e beijinhos. Volta sempre!

 
At janeiro 07, 2007 9:39 da tarde, Blogger Joana said...

Querido Alexandre,
muito, mas mesmo muito obrigada pelo comentário e pelos elogios. Fiquei super feliz!
Ando nos blogs há pouco tempo, mas acho muito interessante. Pelo facto de podermos comunicar com pessoas de outras gerações e não só!
Mas enfim, só vim agradecer... se começo a falar, depois não me calo!Beijinhos e muito obrigada (:

 
At janeiro 07, 2007 9:40 da tarde, Blogger C_BRITTO said...

Olá Alexandre, desculpa a invasão!
Eu venho lá pela Marta. Sempre te leio, mas nunca tive coragem ou argumento para comentar no teu blog!
Hoje você abordo um tema que chamou a minha atenção!

De fato, isso não é novidade.Faz tempo que mulheres lêem muito mais que os homens.
As mulheres não só lêem mais, elas freqüentam mais museus e eventos de artes etc etc.
A leitura tem sido, e contentara sendo uma dos instrumentos principais, se não o principal, de acesso ao conhecimento.
Onde moro não temos muito acesso a livrarias, assim que temos busca em bibliotecas e livrarias que é raro. Pode-se afirmar que a escolaridade exerce maior influência sobre a leitura. Considera-se que a ausência de livrarias é também um dos fatores que inibe o contato com livros.

"Em uma pesquisa com mais de 5.600 pessoas acima de 15 anos, a percentagem dos homens na França que haviam lido um livro nos 12 meses anteriores caiu de 72% em 1973 para 63% em 2003, enquanto a de mulheres aumentou de 68% para 74% (e sim, dois terços dos leitores de ficção eram mulheres). Por outro lado, os homens passaram mais tempo do que as mulheres assistindo a televisão (os esportes foram um fator importante), jogando videogames e surfando na Internet"

Assim como eu,no Brasil um grande número de mulheres transformou-se em leitoras, principalmente de romances e revistas de amenidades.

Abraços!

 
At janeiro 07, 2007 11:55 da tarde, Blogger 13 said...

O aplauso vai para a música! Amanhã, mesmo sem o Rui, lá estarei par ouvir André Sardet!

 
At janeiro 08, 2007 12:02 da manhã, Anonymous chuva e nuvens said...

Pelo que eu tenho observado, as mulheres lêem mais que os homens à excepção de jornais desportivos em que os homens batem recordes!).
No que toca a obras literárias as mulheres batem pontos.
Quando eu era adolescente e não podia comprar livros ia requisitá-los à biblioteca itinerante e depois à municipal que era pequena . Li vários livros, mas houve um que me marcou deveras - "Saltei o Muro" de Monica Balwin, editado pela Tavares Martins, editora do Porto que já não existe há muitos anos. Há uns anos atrás e como a biblioteca municipal mudou entretanto para um imponente edifício, procurei lá o dito livro para o reler. Só que nada feito! Corri quantos alfarrebistas hà em Lisboa e apesar de alguns dizerem ter já ouvido falar dele, nada. Até que a internet me salvou. Num alfarrebista do Porto havia um exemplar. Cá me veio parar às mãos, depois de trinta e tal anos depois da primeira leitura! Não sei quantos homens teriam a persistência essencial para isto...
mas desconfio que muito poucos.
Beijos, Alex !

 
At janeiro 08, 2007 1:07 da manhã, Anonymous Cris said...

Concordo contigo quando dizes que as mulheres lêem mais que os homens. Tenho pena que assim seja pois acho que a leitura é um bom contributo para a formação pessoal de cada um de nós! Como Professora de Português lido diariamente com esta realidade e por muito que tente incentivar os jovens para a leitura (mesmo no que diz respeito às raparigas), a verdade é que outros meios vão tomando, cada vez mais, o lugar dos livros...

 
At janeiro 08, 2007 10:04 da manhã, Blogger Cristina said...

Bom dia, Alexandre. Tal como a maioria, também tenho a percepção que as mulheres lêem mais do que os homens - embora, haja excepções, claro está! Em minha casa há dois exemplos flagrantes do gosto de ler contra outros dois que "livros quero é distância". Eu e a minha mãe somos devoradoras de livros... o meu pai e o meu irmão não.

Sempre tive o gosto pela leitura; desde criança, agarro-me a um livro e só o largo depois de lido e relido. O meu imão teve os mesmos pais... a mesma estante de livros... mas nunca teve a vontade de viajar para além das paredes de casa!!

Houve um amigo meu que proferiu uma frase que adoptei: "O meu negócio é saber!"... deve ser por isso que leio tanto! Mas não tanto quanto gostaria.

 
At janeiro 08, 2007 10:09 da manhã, Anonymous Anónimo said...

As mulheres sem duvida...
A duvida estará na razão... talvez por não incutir o gosto, talvez por não oferecerem algo interessante para ler e desenvolver o gosto pela leitura.
a "prova" estará no que referiu, que nos jornais existe um empate :)
Quanto ao poema que escrevi... claro que pode copiar :)
beijinho

 
At janeiro 08, 2007 11:50 da manhã, Blogger Isabel-F. said...

boa semana

Bj

 
At janeiro 08, 2007 3:08 da tarde, Anonymous Gala said...

Claro ke são as mulheres ke lêem mais. Já tá a sondagem feita LOL.

Por incrível ke pareça arranja-se smp tempo para ler qualquer coisinha...o ke estiver mais a mão.

Mais do ke um hábito é um vício

beijinhos

 
At janeiro 08, 2007 9:53 da tarde, Anonymous Anónimo said...

eu concordo consigo...

hoje em dia a geração a que eu pertenço e as mais novas costumam cada vez mais estarem a par de outro tipo de divertimentos, como a televisão jogos de video, como disse, e realmente ja nao se dá tanta atenção à leitura como se calhar se devia...na escola muita gente apenas lê os livros que são obrigação imposta pela escola, como os 'Maias' ou os 'Lusiadas', e muitos outros titulos que até podem ser considerados bastante interessantes são deixados para trás...

em relação à pergunta creio que também são as mulheres a ler mais que os homens...

gostei do blog tem textos mto interessantes! vou passar aqui mais vezes...

se quiser visitar...
www.given-to-fly36.blogspot.com

abraço

 
At janeiro 09, 2007 12:26 da manhã, Blogger angel bar said...

Alex,desejo-lhe uma boa semana.

Hoje li:
O segredo da felicidade é o seguinte: deixar que os nossos interesses sejam tão amplos quanto possível, e deixar que as nossas reacções em relação às coisas e às pessoas sejam tão amistosas quanto possam ser (Bertrand Russel).


Muitos beijinhos

 
At janeiro 09, 2007 2:23 da tarde, Blogger brettinha do campo said...

ola amigo!
eu sou daquelas pessoas que leem muito ...
primeiro porque era realmente nessecario para aprender rapidamente a lingua e depois porque sempre fui insentivada a isso desde miuda .....
acho que isso faz parte da educaçao , se o filho nao vê os pais a ler tambem nao irá criar este habito, nem sequer ter algum interesse....
enfim!
o problema do preço ??!!
só quem o quizer utilizar como desculpa!
eu compro alguns livros mas nem 10 % dos que leio!
a grande maioria sao emprestados...
para que querem as pessoas guardar religiosamente livros nas estantes !??
á que espresta-los!
na minha familia é assim!
os livros fazem a volta completa lololol
e com os mais novos se passa o mesmo....
é pela idade, vai passando de uns para os outros....
e a feira do livro em lisboa é sempre um grande acontecimento!!!!
quanto ao sexo que le mais ?
julgo ser as mulheres!
pelo menos é a analise que retiro da minha pequena-grande familia...
um abraço

 
At janeiro 09, 2007 9:10 da tarde, Blogger Kalinka said...

Começo por dizer que:
AS PALMAS SÃO PARA TI
porque sempre trazes temas muito interessantes ao teu blog, para nós lermos e nos deliciarmos...

Como tu afirmas, eu também comecei a ler livros muito nova (com 8 anos devorava 1 livro por tarde, da colecção dos 5 ou dos 7) e nunca me dei mal por isso - talvez apenas o facto de começar a usar óculos cedo porque nem sempre lia nas melhores condições de luz, e tenho agora noção que exagerava nas horas seguidas de leitura.

Depois de ter o meu filho (com 19 anos) estive uns anos em que confesso li poucos livros...e, agora vai dependendo das situações.
Mas...com muita pena minha o meu filho não sai à Mãe...ele foi criado na era da informática e...estragou os olhos no computador

 
At janeiro 09, 2007 9:14 da tarde, Blogger Kalinka said...

MAS...esqueci-me do ponto da situação, no meu parecer são mesmo as mulheres que estão em maioria na leitura de livros e revistas.

Também são outros tempos...(não é desculpa...mas é a realidade) hoje existem outras formas de passar o tempo, o computador veio destronar a leitura numa grande percentagem.
Eu posso dar o meu exemplo: o pouco tempo que tenho livre à noite dedico-o ao computador, pk estou muito entusiasmada com o meu blog e, assim passo o pouco tempo livre. Depois, vai-se à rua para apanhar sol e fazer uma caminhada e...o tempo voa.
Beijokas.

 
At janeiro 09, 2007 9:20 da tarde, Blogger Kalinka said...

Alguém deixou este comentário:
Bem, eu considero que nós, a nova geração, não temos quaisquer hábitos de leitura. Mas isso, infelizmente, não é responsabilidade nossa. Começa nos professores e nos pais, que não nos motivam para lermos, não nos levam a esse caminho do gosto pela leitura..
NÃO ESTOU DE ACORDO.
Eu comecei a ler com 7/8 anos os tais livros de aventuras e juro que nunca vi os meus Pais lerem qualquer livro, em 1963... nessa década de 60, quais os professores que nos incentivavam a ler, em África?...
Continuo a acreditar que já está dentro de nós o bichinho da leitura

 
At janeiro 10, 2007 4:06 da tarde, Blogger Cusco said...

A propósito do tema, dado não ter uma certeza absoluta, apenas posso dar a minha opinião pessoal. Se realmente as mulheres lêem mais do que os homens só posso dar-lhes um grande grito de parabéns. Isto porque baseando-me na minha experiência pessoal já ouvi muitas vezes a frase: Como é que queres que eu leia, quando é que leio? Quem é que faz as coisas em casa? Tu sim podes ler…
E é verdade, nós homens apesar da evolução dos tempos continuamos com muito mais disponibilidade. Daí a minha duvida se realmente as mulheres lêem mais do que os homens ou se gostariam de o fazer e não podem.

cumprimentos

 
At janeiro 10, 2007 4:32 da tarde, Blogger Isabel said...

Olá meu amigo Alexandre.

Pois honestamente não sei.

O que observo parece-me que a maior diferença está não na quantidade de livros que leem mas no que leem.

A mulher revela-se-me mais curiosa e por isso talvez leia mais todo o género de livro.

O homem tendencialmente define de forma muito clara qual o tipo de literatura que mais lhe agrada e por norma mantem-se por ai sem variar muito.

Estou em crer que esta tendência está aos poucos a modificar-se, e penso que os blogs tem ajudado bastante na divulgação por ambos os sexos atravéz de pequenos textos de estilos de literatura muito diferentes.

O problema maior creio que é alem da falta de leitura que ainda existe em Portugal, da praga que é a literatura chamada de top e cada vez mais as pessoas entram numa livraria e em vez de investigarem, procurarem, descobrirem, novos autores, novas linhas de pensamento, leem todas o mesmo.

Lê-se mais mas todos leem o mesmo.

Literatura das massas!

Perigoso!

Há que ver o mundo de todos os prismas possiveis.
Não seguir silênciosamente o caminho do rebanho que obedientemente segue um pastor que nem vê.

Até breve, amigo.

Isabel

 
At janeiro 10, 2007 4:42 da tarde, Blogger Alexandre said...

CUSCO,

o teu comentário realmente está muito certo: as Mulheres (o M grande é de propósito!) fazem essas coisas todas e ainda conseguem ler... são umas heroínas, na verdade. Bom ponto de vista, emq ue eu não tinha pensado...

 
At janeiro 11, 2007 3:12 da tarde, Blogger Alexandre said...

Bom, parece que valeu o «debate»!

Obrigado a todos e a todas pelas suas visitas, pela participação, pelos comentários! Bem hajam!!!

 

Enviar um comentário

<< Home