segunda-feira, dezembro 18, 2006

PORQUE NÃO FUI AO HERMAN CIRCO....



É claro que o mundo não se importa com a minha ausência este ano no programa ao vivo do Herman Circo ontem à noite transmitido do Circo Cardinalli no Parque das Nações. Mas eu explico: há cerca de 20 anos que sou funcionário de uma das duas maiores empresas do Grupo Impresa, Grupo que detém o Expresso, a SIC, a Visão, a Caras e mais uma vintena de revistas.

Desde que o Herman passou para a SIC, há uns 5 ou 6 anos, que o Grupo oferece aos seus funcionários e familiares uma presença em directo no programa que é gravado no Circo Victor Hugo Cardinalli e preenche os domingos à noite imediatamente antes do Natal de cada ano, no horário habitualmente ocupado pelo Herman SIC.

Todos os anos tenho ido com a família, não tanto pelo circo - espectáculo de que nem sou grande adepto - mas mais pelo ambiente, pelos colegas e porque o Herman em pessoa ainda é um chamariz.

Este ano não fui e finalmente vou explicar porquê: não tenho pachorra, digo mesmo, pachorra, para a discriminação que a organização faz entre os «mediáticos» e os «outros». Afinal, se são todos colegas e empregados do mesmo patrão, porque razão os José Figueiras, as Fátimas Lopes, as Claras de Sousa, etc, etc, e os seus respectivos filhos, têm direito a figurar na primeira fila e direito a tempo de antena - aliás, todos os anos os mesmos, houvesse pelo menos um pouco de imaginação - e os restantes trabalhadores, cada um com as suas funções imprescindíveis para o bom andamento de todos os sectores, são de vez em quando e quanto muito mostrados fugazmente na plateia como uma amálgama de gente?

Eu sei, as audiências falam mais alto, o filho do jornalista tal da Caras ou do Expresso não davam audiências porque não têm um papá ou uma mamã conhecidos através da TV, mas pelo menos podiam fazer um intervalo, mostrar os conhecidos e de vez em quando convidar os desconhecidos para as primeiras filas.

Atenção, isto não é dor de cotovelo, porque se há coisa que eu não ligo é aparecer. Aliás, prefiro nem aparecer. É só uma questão de justiça para com os funcionários que todos os dias contribuem de uma maneira ou de outra para que o maior Grupo de Comunicação Social em Portugal continue a ocupar o lugar que ocupa.



Herman José ontem na sua roupa circense falando com os «notáveis» que invariavelmente ocupam as primeiras filas do Herman Circo de há 5 ou 6 anos para cá

13 Comments:

At dezembro 18, 2006 4:43 da tarde, Blogger A. said...

eu nunca fui a este circo... mas subscrevo completamente as tuas palavras!! porque isto acontece também noutras situações. na minha opinião ainda não atingiram que: envolvimento/motivação>>+produtividade... enfim...

 
At dezembro 18, 2006 4:58 da tarde, Blogger MARTA said...

Brilhante, Alex!
Concordo contigo e o que descreves encontra-se facilmente em qualquer emprego, no meu emprego.
Nem todos podemos ter um Dr à frente do nome, mas não deixamos de ser igualmente pessoas válidas e competentes.
Beijos e abraços
Marta

 
At dezembro 18, 2006 10:10 da tarde, Anonymous chuva e nuvens said...

No fundo, vivemos actualmente numa sociedade que faz heróis as pessoas mais triviais, mais fúteis, ainda que as revistas sociais os pintem de dourado...!
Em pleno século XXI parece que vivemos na corte de Luis XIV.
Efectivamente toda esta sociedade de vips é um grande circo, tudo é uma grande palhaçada!
Acho que fizeste bem em não teres ido.

 
At dezembro 19, 2006 9:27 da manhã, Blogger angel bar said...

Pois como passei, tambem, por essa empresa e já tivemos o prazer de trabalhar no mesmo departamento compreendo perfeitamente aquilo que diz. Infelizmente uma realidade presente em todos os olhares e que o nosso Portugal abraça em pleno. Quando ministro formação na área de gestão de recursos humanos é um exemplo que dou sempre como algo errado e a não fazer, claro. Infelizmente, às vezes, parece-me, e com aquilo que vejo, que estou a lavar a minha alma pelos outros... Um bom dia Alex e um grande beijinho. Acho que se deve falar muito destas coisas e reiterar, reiterar, reiterar...

 
At dezembro 20, 2006 2:05 da manhã, Blogger Cristina said...

Alexandre,
Finalmente uma foto tua
:)
............♥
...........***
..........*****
.........*Feliz*
........*********
......************
.....******Natal****
....****************
...******************
..********************
..........****
..........****
..........****

Um feliz Natal para ti, e para todos que te são queridos,
Um beijinhu sincero :) :)

 
At dezembro 20, 2006 4:17 da tarde, Blogger Cristina said...

Todos são filhos dos mesmos pais; mas uns são mais filhos que outros... e, infelizmente, não é só aí.

Um Feliz Natal para ti e para os teus! Um grande beijinho!

 
At dezembro 20, 2006 10:58 da tarde, Blogger Nani said...

Alexandre... gostei de te visitar.

Beijinho grande... e concordo contigo.

Votos de um Feliz Natal!!!

Nani

 
At dezembro 21, 2006 1:11 da manhã, Blogger margusta said...

Olá amigo Alexandre,
..venho agradecer o teu carinho e amizade , da última visita...desculpa só agora o fazer, mas tenho anadado meia afastada da blogosfera... eu sei que tu compreendes porquê...

Não sabendo como vão ser os meus próximos dias, aproveito para te desejar já um Feliz Natal!!!
Deixo-te o meu abraço!

 
At dezembro 22, 2006 6:50 da manhã, Anonymous Jofre Alves said...

Boas Festas, Santo Natal e Próspero Ano Novo, são os meus sinceros votos.

 
At dezembro 22, 2006 1:46 da tarde, Blogger Isabel-F. said...

Alexandre,

Não há limites para o homem que possui a capacidade de sonhar. É necessário muito pouco para provocar um sorriso e basta um sorriso para que tudo se torne possível.
Descobrimos que o Ano que termina vale a pena, quando começamos a enviar e receber os cartões de Natal. Afinal, de algum modo, aprendemos que o que realmente importa são os sentimentos, é o amor... É estarmos ligados, unidos. É isto que comemoramos: O nascimento da esperança de um mundo melhor. Muita paz, alegria e amor na tua vida e de todos que te são queridos. Feliz Natal! Feliz 2007.
Beijinhos
Isabel Filipe

 
At dezembro 22, 2006 6:40 da tarde, Blogger veritas said...

Olá Alexandre!

Gosto dos princípios que revelas. Por isso o teu espaço se tornou para mim de imprescindível consulta.Que 2007 te traga novos desafios e as concretizações das tuas mais profundas vontades.

Bjs. Bom Natal!

 
At dezembro 23, 2006 12:15 da manhã, Blogger brettinha do campo said...

bem vindo ao clube, amigo!
nao trabalho na mesma empresa , mas vai dar tudo ao mesmo!
até parece que nimguem repara, nem nota as desigualdades........
mas somos superiores a isto!
um feliz natal!

 
At dezembro 28, 2006 11:48 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Alexandre, no seu lugar também não teria ido mas, por razões diferentes. Foi divulgada uma notícia há já algum tempo no telejornal da SIC, de maus tratos nos animais dos espetáculos circences (diga-se cardinali), notícia que não voltou a ser repetida. Pouco tempo depois apareceu o tão badalado Herman Circo. A pergunta que faço é simples. Como é que alguém se preocupa com o facto de ficar ou não à frente num espetáculo de maus tratos aos animais?
Feliz Natal e espero que ninguém leva a mal.

 

Enviar um comentário

<< Home