domingo, outubro 15, 2006

... RELAMPEJA, TROVEJA ... VAI CHOVER ...

Relampeja! Uns segundos depois troveja!
O espaço de tempo entre o relampejar e o trovejar é cada vez mais curto.
Pelo que aprendi há uns (bastantes!) anos na escola, a trovoada vai-se aproximando.
E traz o vento. E o vento puxa a chuva.
É Domingo à noite e o horizonte acinzentou-se até roçar o negro.
Um morcego rodopia à volta da luz de um candeeiro perto da varanda.
A temperatura ainda aguenta a manga curta, mas se isto continuar assim as camisolas e os casacos amanhã terão que saltar dos cabides.
Já tinha saudades deste tempo.
Mas é bom estar em casa quando relampeja, quando troveja, quando ventaneia, quando chovisca...
Que faça tudo isto durante a noite,
que eu cole o nariz na janela,
que eu desenhe segredos nas vidraças embaciadas
e que amanhã de manhã a tempestade tenha passado...

1 Comments:

At outubro 16, 2006 5:07 da tarde, Blogger MARTA said...

Também gosto de um dia - de estar em casa, quentinha e a ouvir a chuva.
Obrigada pela visita ao meu blog, cuja porta está sempre aberta, porque agora começo a oferecer chá e scones.
Espero que volte.
Mais uma vez obrigada
Marta

 

Enviar um comentário

<< Home